Terça-feira, 20 de Maio de 2008

Reflexão - "Para haver inovação tem de haver gente"

 Um aspecto essencial que nunca é de mais relembrar é que “Para haver inovação tem de haver gente”. Á primeira vista, esta expressão pode não fazer muito sentido mas se pensarmos a quem se destinam determinadas propostas numa cidade começamos a reflectir sobre esta temática. Ou seja, quem irá usufruir de determinadas sugestões? Não basta propor ideias criativas e originais para o progresso, é fundamental fazer uma análise prévia e averiguar se haverá população suficientemente interessada no usufruto de determinado projecto. Na maioria dos casos, a aplicação dos mesmos acarreta custos e investimentos elevados e estes só se justificarão se, quando postos em prática, contribuam para as necessidades e/ou interesses da população. Caso contrário, mesmo que se surja uma ideia completamente inovadora, a sua aplicação nessa zona não fará qualquer sentido. Pode até corresponder aos interesses da população de um outro local mas isso não significa que um projecto seja universal e intemporal. As mentalidades e os costumes mudam e as propostas para o futuro devem procurar ir de encontro aos interesses de uma determinada região numa determinada época para que sejam bem sucedidas.

Será, então, que “há gente para as nossas propostas”?
Este foi um dos aspectos com que nos preocupámos quando realizámos as nossas propostas. Tentámos que estas, embora simples, fizessem a diferença junto dos jovens.
De forma sucinta, podemos considerar que:
 
Cultura
 
Almada é uma cidade com diversas infra-estruturas nesta área. Apresenta dezanove grupos de teatro dos quais dois são grupos profissionais e tem uma companhia de dança. Assim somos levadas a concluir que a falta de motivação por parte dos jovens e a pouca divulgação são as causas dominantes para este distanciamento presente entre cultura e jovens. Propostas no sentido de incentivar os jovens teriam bastante aderência, sendo que os meios necessários para o fazer estão à nossa disposição.
 
Desporto e Lazer
 
Estas duas temáticas que abordámos são de grande interesse para os jovens. Assim, quanto mais bem aproveitadas estiverem, mais os jovens se fixam nos locais que a sua cidade tem para oferecer. Será uma mais valia para todos a aposta nestas áreas, essencialmente porque as medidas simples que propusemos podem fazer a diferença.
 

 

Sentimo-nos:: Em reflexão!
publicado por almadajovem às 23:00
link do post | comentar | favorito
|

Onde estamos?


Ver mapa maior

Almada Jovem


Sobre nós

Adiciona-nos

. 9 seguidores

Pesquisar neste blog

O que achas do nosso blog?
Muito Bom
Bom
Razoavel
Pouco Criativo
  
pollcode.com free polls

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

O nosso poster!

O fim? Não! Um começo!

Tudo o que fizémos no nos...

Contagem decrescente!

Entrevista - Projecto Eur...

Reflexão - Como será a ci...

Últimos retoques!

Reflexão - "Para haver in...

Colóquio Criativo "Cidada...

Conferência!

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Links